11 JUNHO 2020 | 87 KM / 1630 M+

LOCALIDADES:  Almeirim, Funcheira, Garvão.


HOTEL: Santa Clara - Country Hotel

Instalado no topo de uma colina, à beira do paredão da Barragem de Santa Clara, tem uma excelente localização para quem aprecia a natureza e o sossego. A barragem proporciona diversas actividades náuticas, como a natação, a canoagem ou o paddle. Em alternativa, tem também uma piscina exterior com vista para a barragem.


FOTOS


DESCRIÇÃO DA ETAPA

A etapa de hoje marca a transição entre a planície dourada e a cadeia montanhosa que separa o Alentejo do Algarve.

Iniciamos o percurso pelas vinhas do hotel, acompanhando e cruzando várias vezes a Linha do Alentejo (que está desactivada neste troço) e a Ribeira dos Louriçais.

Pedalamos agora pela planície dourada, quando cruzamos novamente a estrada N2, que depois de acompanharmos de Chaves a Viseu, voltamos a encontrar aqui bem mais a Sul.

Passamos pelo paredão da Barragem de Monte da Rocha e várias vezes as linhas de caminho de ferro do Alentejo e do Sul, que se juntam na bela Estação da Funcheira, onde vamos também passar.

Neste local já deixámos as planícies para trás. A paisagem agora é muito mais enrugada e mais verde, com vários cursos de água e diferente tipos de vegetação.

Junto à Aldeias das Amoreiras entramos numa floresta mais densa e na maior subida do dia, com cerca de 7 km, com a descida correspondente do outro lado da serra, até à Barragem de Corte de Brique. O terreno vai ficando cada vez mais ondulado, com várias pequenas subidas, algumas das quais bastante inclinadas. Chegamos à albufeira da Barragem de Santa Clara, que no passado já foi a maior em Portugal. O Santa Clara Country hotel está lá mais ao fundo, logo a seguir ao paredão da barragem, no topo de uma pequena colina.


MAPA E PERFIL DA ETAPA

85.6 km, n/a



Imprimir